Papo de Empresário




O sucesso como empresário é medido pelas conquistas pessoais e da empresa, estes dois campos costumam se entrelaçar, sabem o motivo?  Porque as conquistas e objetivos da empresa iniciam sempre com o esforço que você coloca no seu sucesso pessoal.

Vamos conversar um pouco sobre este assunto? Perfeito, então pegue um café e se acomode na cadeira que o papo será agradável.

Show! Então vamos falar um pouco de como ser uma pessoa bem sucedida e o que é ser uma pessoa de sucesso, fique claro, este é o meu ponto de vista.

1º - Estude, eduque-se, busque a experiência adequada. E tenho uma ótima notícia: a informação está ao alcance a qualquer hora, basta vontade e disciplina. Além de um bom curso superior, que diga-se de passagem, não é garantia de sucesso, participe de palestras, convenções, ouça conselhos de profissionais da área, siga pessoas que são autoridade no assunto e mantenha-se atualizado.

2º - Entenda que você precisará fazer alguns sacrifícios para alcançar sucesso no mundo dos negócios, então se esforce fora do horário de trabalho, aliás, se esforce o tempo todo. Utilize esta quantidade gigante de recursos, disponíveis na internet para aprender mais e mais, mas lembre-se, não deixe que estes esforços extras prejudiquem outros aspectos de sua vida, ou virá a frustração da ausência. A vida pessoal, emocional, a saúde e a espiritualidade fazem parte do resultado chamado SUCESSO.

3º -  Busque se relacionar com profissionais que você admira e mantenha uma rede de amigos e conselheiros, isso é fundamental. Grandes negócios acontecem em momentos informais, seja num bate papo, ou numa troca de ideias, ou até mesmo degustando um vinho com amigos. Visitar outras empresas do mesmo segmento, conhecer e alinhar parcerias faz com que todos cresçam juntos, afinal, como eu sempre digo: “ninguém precisa saber tudo mas precisa estar cercado de pessoas que sabem”. Nunca se falou tanto em experiências, vivências e tenho convicção que é este o caminho. Sem viver, experimentar não há como entender e melhorar processos, serviços ou produtos.

4º -  Seja ousado, porque ousadia não leva nenhuma empresa para a falência, ao contrário, a ousadia calculada é necessária para abrir novos caminhos e acompanhar as mudanças. Ficar na mesmice, não acompanhar as mudanças de comportamento do consumidor, não buscar conhecimento e não abrir a cabeça para as mudanças vertiginosas que o mundo apresenta hoje, isso sim, pode acabar com seu negócio. Então assuma uma postura de humildade para ouvir, aprender, buscar ajuda com profissionais experientes.

5º - Paixão, esta é a palavra-chave. Não existe esforço que valha a pena se não tiver um resultado que lhe deixa apaixonado. Resultados financeiros são necessários, mas o final de tudo culmina em satisfação por estar trabalhando por uma motivo maior, por estar ajudando pessoas e causas.

6º - Tenha uma certeza, você vai se decepcionar. Não deposite expectativas exageradas em projetos e pessoas. É preciso sempre antever situações adversas a nossa vontade e planos ou as frustrações nos tornará empresários frios e consequentemente sem a energia positiva que encanta, promove negócios e abre muitas portas.

7º - Comemore todas as conquistas com sua equipe. Por menor que seja, toda conquista é merecedora de uma comemoração. É preciso tomar por hábito comemorar as pequenas conquistas, aprender a enxergar a sutileza dos pequenos detalhes e, se a conquista for de maior proporção, então exagere também na comemoração. Não fique parado e sem reação às coisas boas que acontecem ao seu redor, ninguém gosta de pessoas que assumem “cara de paisagem” o tempo todo.

8º - Invista no seu negócio diariamente. É preciso acompanhar as mudanças do mercado, se atualizar sempre, buscar novas ferramentas e profissionais capacitados. Como proprietário, a principal meta deve ser sobreviver. Se está começando, evite criar metas inatingíveis para não se decepcionar.

O objetivo por trás até mesmo do negócio mais altruísta é monetizar. Por mais modesto que seja seu objetivo (ganhar dinheiro suficiente para permitir que a empresa sobreviva e cresça), fazer dinheiro ainda é a meta básica.

Você nunca conquistará seu objetivo de ajudar aquela instituição de caridade de sua cidade a construir um prédio sede melhor se não manter o foco de manter o seu negócio funcionando primeiro. Os objetivos de longo prazo são importantes, mas não devem subjugar os objetivos sustentáveis de curto prazo.

Lembre-se: por mais que sua empresa precise sobreviver para crescer, é necessário assumir alguns riscos, mas sempre calculados. Saia um pouco da curva para conseguir obter sucesso em um ambiente concorrido. Planeje seus empreendimentos cuidadosamente e corra o máximo de riscos que puder, se preparando para possíveis contratempos.

Importante ter em mente também que seu negócio precisa ser nutrido, alentado porque ele tem vida, sustenta vidas, auxilia pessoas, não importa o segmento, se você observar verá que no final da cadeia sempre terá um ser vivo que está sendo atendido por sua empresa.

9º - Aprenda com as decepções. O "fracasso", segundo Henry Ford, é a "oportunidade de começar de novo com mais inteligência." Falhar o ajuda a entender melhor seus processos, táticas e objetivos, por mais que isso doa em seu ego. Não tenha vergonha dos fracassos: considere-os um motivo para refletir e buscar novas oportunidades.

As pessoas inovadoras são adoradas por todos, mas perseguir novas ideias pode ser assustador. Não tenha medo de navegar pelo desconhecido – as boas ideias são raras e esforçar-se para persegui-las demonstra coragem.

10º - Entenda de pessoas, relacione-se e respeite a sua equipe, concorrentes, fornecedores assim como você respeita sua família, afinal a maior parte do tempo é com eles que você compartilha. Faça contato com pessoas como uma pessoa e não como um produto, ninguém quer falar com um produto, acredite. O relacionamento e comportamento respeitoso e cortês com as pessoas é o mínimo e lembre-se, você pode estar falando com um possível cliente, parceiros ou investidor. Contrate pessoas competentes e que saibam trabalhar como equipe e deixe claro qual a causa da sua empresa. Ensine pelo exemplo, seja autentico na sua essência e você nunca terá o desrespeito das pessoas que te cercam.

Adorei nosso papo, e até a próxima.

PODE SER ÚTIL PARA VOCÊ:
Como se relacionar com o marketing de relacionamento

 

 

COMPARTILHE ESTE POST



COMENTÁRIOS





PLENA PUBLICIDADE © 2020. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.     |     Tecnologia WOBA

PLENA PUBLICIDADE © 2020.
Tecnologia WOBA

Área de acesso restrita!